GreNal Misto - O primeiro de muitos

Nesse último domingo (01/03/2015), o GreNal 404, que aconteceu no estádio Beira Rio teve um diferencial. Pela primeira vez tivemos a torcida mista, que misturou 1 mil colorados a 1 mil gremistas. A semana que precedeu este evento foi marcada por medos e indagações: será que realmente vai dar certo?

Captura de Tela 2015-03-02 às 15.16.37

Em termos de placar, tivemos um placar que “favoreceu” a torcida mista. Nenhum dos lados teve a oportunidade de comemorar um gol, pois a partida terminou Internacional 0x0 Grêmio.

O que me deixa indignada, é ver o resto do país falando da torcida mista e mostrando as brigas externas que tiveram. Mas eu me pergunto: tais acontecimentos, foram culpa da torcida mista? Eu mesma respondo: NÃO! Infelizmente, desde que eu me conheço por gente, nunca vi um GreNal sem esse tipo de acontecimento. Brigas entre torcidas, ou entre a torcida e a brigada militar. Temos uma parte da torcida (que não deveria ser chamada de torcida), que, infelizmente, vai ao estádio rival com o intuito de badernar, quase sempre, torcedores vindos de torcidas organizadas. Tal fato não acontece somente no GreNal, mas na grande maioria dos clássicos.

Captura de Tela 2015-03-02 às 15.17.18

E o que a torcida mista tem a ver com isso tudo? NADA. Pelo contrário, foi um ponto a favor da civilidade. Que nos próximos GreNais a gente aumente a área mista e diminua a área única do rival, já que é nessa área que temos problemas. Por que não?

Enfim, a Zero Hora fez um vídeo resumindo este momento histórico e emocionante. Vale a pena conferir:


»